AVALIAÇÃO DO USO DOS COAGULANTES SULFATO DE ALUMÍNIO E TANINO VEGETAL EM PARÂMETROS DE TRATAMENTO DE ÁGUA PARA ABASTECIMENTO HUMANO

  • Weslley Natanael de Araujo Santos Universidade Federal de Sergipe
  • Denise Conceição de Gois Santos Michelan Universidade Federal de Sergipe
  • Débora de Gois Santos
  • Isabela Ferreira Batista Universidade Federal de Minas Gerais

Resumo

O presente estudo consistiu em avaliar e comparar a eficiência dos processos de coagulação/floculação, sedimentação e filtração, para água proveniente do Rio Poxim, utilizando equipamento Jar-Test com adição de dosagens dos coagulantes sulfato de alumínio e tanino vegetal ao tratamento. Ao longo dos períodos de sedimentação (30 e 60 min) e filtração rápida através de membrana filtrante (0,45 µm), foram realizadas análises acerca dos parâmetros pH, cor aparente e turbidez da água tratada. Como resultados, as dosagens de 2, 4, 10 e 15 mL.L-1 para o tanino e as dosagens de 120 e 150 mL.L-1 de sulfato, registraram remoção total para turbidez da água bruta, enquanto que para a cor 2 mL.L-1 de tanino foi responsável por maior eficiência. Para o sulfato, remoção mais significativa ocorreu para 12 mL.L-1. No geral, o tanino apresentou taxas de remoção mais expressivas em relação ao sulfato, possibilitando melhores adequações aos limites da Portaria de Consolidação nº. 5, do Ministério da Saúde, para os parâmetros cor e turbidez. Para as análises de pH, foi constatado que o tanino não altera significativamente o pH da água, ao contrário do sulfato de alumínio.

Referências

AMAGLOH, F. K., BENANG, A. Effectiveness of Moringa Oleifera Seed as
Coagulant for water purification. African Journal of Agricultural Research, v. 4, n. 1, p. 119-123. 2009. Disponível em: .
APHA. AMERICAN PUBLIC HEALTH ASSOCIATION. Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater. 22 edition. Washington, 2012.
ARANTES, C. C.; RIBEIRO, T. A. P.; PATERNIANI, J. E. S. Processamento de sementes de Moringa oleifera utilizando-se diferentes equipamentos para obtenção de solução coagulante. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.16, p.661-666, 2012.
BARRADAS, J. L. D. Tanino - Uma solução ecologicamente correta: agente floculante biodegradável de origem vegetal no tratamento de água. Novo Hamburgo: Publicação Técnica, 2004.
BHATTI, Z. A.; MAHMOOD, Q.; RAJA, I. R.; MALIK, A. H.; KHAN, M.S.; WUB, D. Chemical oxidation of carwash industry wastewater as an effort to decrease water pollution. Physics and Chemistry of the Earth, v. 36, p. 465–469, 2011.
BHUPTAWAT, H.; FOLKARD, G.K.; CHAUDHARI, S. (2007) Innovative physico-chemical treatment of wastewater incorporating Moringa oleifera seed coagulant. Journal of Hazardous Materials, Amsterdam, n. 142, p. 477-482.
BONGIOVANI, M. C.; CAMACHO, F. P.; NISHI, L.; COLDEBELLA, P. F.; VALVERDE, K. C.; VIEIRA, A. M. et al. Improvement of the coagulation/flocculation process using a combination of Moringa oleifera lam with anionic polymer in water treatment. Environmental Technology, v. 35, n. 17-20, p. 2227-36, 2014.
https://doi.org/10.1080/09593330.2014.899398
BRASIL. Portaria da Consolidação nº. 5, de 28 de setembro de 2017. Consolidação das normas sobre as ações e os serviços de saúde do Sistema Único de Saúde. 2017.
BRASIL. Resolução nº 357, de 17 de março de 2005 do Conselho Nacional Do Meio Ambiente-CONAMA. Dispõe sobre a classificação dos corpos de água e diretrizes ambientais para o seu enquadramento, bem como estabelece as condições e padrões de lançamento de efluentes, e dá outras providências.
CARDOSO, K. C., BERGAMASCO, R.; COSSICH, E S; MORAES, L. C. K.Otimização dos tempos de mistura e decantação no processo de coagulação/floculação da água bruta por meio da Moringa oleifera Lam. Acta Sientiarum Technology. v. 30, n. 2, 2008. Disponível em:. Doi:10.4025/actascitechnol.v30i2.5493
CASTRO-SILVA, M. A., RÖRIG, L. R., LAMB L. H., HECK, C. A., & DECUSATI O. G.Microrganismos associados ao tratamento de águas de abastecimento com coagulante orgânico vegetal (tanato quaternário de amônio) – I. microrganismos filamentosos. Revista Estudos de Biologia, v. 26, n.54, p. 21-27, 2004. Disponível em: http://www2.pucpr.br/reol/index.php/BS?dd1=874&dd99=view
CORAL, L. A., BERGAMASCO, R., BASSETTI, F. J. Estudo da Viabilidade de utilização do polímero natural (TANFLOC) em substituição ao sulfato de alumínio no tratamento de águas para consumo. International Workshop advances in cleaner production. São Paulo – Brazil. 2009.
FIORENTINI, V. Uso do tanino no processo de tratamento de água como melhoria em sistema de gestão ambiental. 2005. 124f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2005.
FRANCO, C. S.; BATISTA, M. D. A.; OLIVEIRA, L. F.C.; KOHN, G P.; FIA, R.
Coagulação com semente de Moringa oleifera preparada por diferentes métodos em águas com turbidez de 20 a 100 UNT. Engenharia Sanitária e Ambiental, v. 22, n.4, p. 781-788, 2017. Disponível em: . Doi: 10.1590/s1413-41522017145729
GRAHAM, N., GANG, F., FOWLER, G., & WATTS, M. Characterisation and
coagulation performance of a tannin based cationic polymer: a preliminary
assessment. Colloids and Surface A: Physicochemical and Engineering Aspects, 327, 9-16. 2008. Disponível em: 012-0037-2>. Doi: 10.1007/s13201-012-0037-2
GUSMÃO, A. L. S. Uso de Taninos no tratamento de água para abastecimento. Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade Federal do Rio grande do Sul, departamento de Engenharia química. p.38. 2014. Disponível em:
http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/109719/000950670.pdf?
sequence=1
MARTINEZ, F. et al. Resinas de taninos vegetais para a Remoção de metais. Universidade de Havana, Cuba, 1997. Waste enginneering: Treatment and reuse. 4. ed. Boston: McGraw-Hill.
MARTINEZ, F. L. Taninos vegetais e suas aplicações. Universidade de Havana, Cuba, 1996.
MINISTÉRIO DA SAÚDE. Manual de procedimentos de vigilância em saúde
ambiental relacionada a qualidade da água para consumo humano. Brasília:
Opa/OMS no Brasil, 2006.
O’MELIA, C.R.; DEMPSEY, B.A. Coagulation using polyaluminum chloride. In: Rantke, S.J.; Van Proyen, A., eds. Proc, 24th Annual public water supply engineering conference. p. 5-14, 1982.
OLIVEIRA, H. M; WIILLAND, E. L. Efeito da água tratada com sulfato de alumínio e com o polímero natural (tanato quaternário de amôneo) em planárias a fim de identificar novos organismos testes. Revista de Iniciação Científica da ULBRA. 2011.
SÁNCHEZ-MARTÍN J.; GONZÁLEZ-VELASCO M.; BELTRÁN-HEREDIA, J. Acacia mearnsii de wild tannin-based flocculant in surface water treatment. Journal of Wood Chemistry and Technology, Beijing, v.29, n.2, p. 119-135. 2009. Disponível em: .
SIQUEIRA, A. P. S.; SILVA, C. N.; REZENDE, L.C. S. H.; MILANI, R. G.; YAMAGUCHI, N. U. Análise da performance dos coagulantes naturais moringa oleífera e tanino como alternativa ao sulfato de alumínio para o tratamento de água. Enciclopédia Biosfera, Centro Científico Conhecer - Goiânia, v.15 n.27; p. 18. 2018.
STRÖHER, A. P., MENEZES, M. L., PEREIRA, N. C., BERGAMASCO, R. Utilização de coagulantes naturais no tratamento de efluente proveniente de lavagem de jeans. Engevista, v. 15, n. 3, p. 255-260, 2013.
VIANNA, M. (2010) Hidráulica para engenheiros sanitaristas e ambientais – Volume 4: sistemas de tratamento de água. 1ª. ed. Belo Horizonte: FUMEC, v. 1. 545p.
YIN, C. Y. Emerging Usage of Plant-Based Coagulants for Water and Wastewater Treatment. Process Biochemistry, v. 45, n. 9, p. 1437-1444, 2010.
Publicado
30/12/2020
Como Citar
SANTOS, Weslley Natanael de Araujo et al. AVALIAÇÃO DO USO DOS COAGULANTES SULFATO DE ALUMÍNIO E TANINO VEGETAL EM PARÂMETROS DE TRATAMENTO DE ÁGUA PARA ABASTECIMENTO HUMANO. REDE - Revista Eletrônica do PRODEMA, Fortaleza, v. 1, n. 14, p. 23-34, dez. 2020. ISSN 1982-5528. Disponível em: <http://www.revistarede.ufc.br/rede/article/view/560>. Acesso em: 25 fev. 2021. doi: https://doi.org/10.22411/rede2020.1401.02.